Quando montamos um look, vestimos muito mais que tecido ou tendência. Trata-se de um conjunto de símbolos sociais, econômicos, políticos e históricos.

 

Que a moda da década de 80 é tendência, todo mundo já deve ter percebido,né?!
Ao pesquisar para escrever sobre as tendências de moda que estavam vigentes na década de 80, observei algumas características políticas que aconteceram na época.
A década de 80 foi marcada pelas Diretas Já, que foi um movimento civil que lutava por eleições presidenciais diretas no Brasil, ocorrido entre 1983 e 1984.
E na moda as tendências eram over, marcadas por mangas volumosas, brincos grandes e dourados, acessórios de cabelo, looks monocromáticos ou blocos de cores, punks e etc…

Em breve análise da nossa atual situação política, percebemos que estamos vivendo em uma democracia onde os ânimos estão muito acirrados pelas possíveis reformas e consequentes perdas de direitos.
Assim como na década de 80, estamos em um momento de incertezas com a atual Reforma da Previdência, entre outros acontecimentos políticos.

A moda está totalmente ligada aos movimentos sociais, não existe moda sem economia , cultura, arte e política
Na historia da moda estudamos que começamos a nos vestir para fugir do frio, e com o passar do tempo tornou-se uma forma de diferenciação social.
Hoje, a moda é usada para expressar o nosso eu. Nós nos vestimos para participar de algum grupo, expressar nosso humor, objetivos, valores e tantas outras coisas.
Nossa imagem é uma efetiva forma de comunicação, que independente de ser consciente ou não. O que vestimos envia mensagens. Gostaria de um exemplo para ilustrar sobre o que estou falando?

Quando montamos um look, vestimos muito mais que tecido. Trata-se de um conjunto de símbolos sociais, econômicos, políticos e históricos.

A roupa é um forma de expressar suas opiniões e de como você deseja se posicionar no mundo. Você já pensou na história que sua imagem contou sobre você hoje?

 

 

beju beju💋

Write A Comment